7 dicas para se conectar com a natureza na cidade grande

  04/08/2016

7 dicas para se conectar com a natureza na cidade grande

Se você é como eu, adora histórias de fantasia cheias de florestas e seres encantados, mas vive numa cidade grande. Você provavelmente gostaria de ter mais tempo para passar ao ar livre, ter algum lugar verde para visitar perto da sua casa ou simplesmente ter mais contato com a natureza, né?

E apesar de todos esses desejos, às vezes parece que o mais próximo que chegaremos da natureza “de verdade” é ver imagens na internet ou imaginar as cenas dos nossos livros favoritos.

Sempre imersos no concreto da cidade e na correria acabamos esquecendo que a natureza está ao nosso redor o tempo todo só esperando que a gente preste atenção nela. Muitas pessoas saem de casa antes do sol nascer, trabalham em ambientes fechados e só voltam para casa à noite. Se nem temos tempo pra respirar, quanto mais pra apreciar a natureza!

Mas é possível sim, e agora você vai conhecer 7 maneiras de se conectar com a natureza sem precisar sair do seu caminho, nesse exato instante, não importa onde você esteja 🙂

Abrir as janelas é uma forma de se conectar com a natureza na cidade grande.1. Abra as janelas
Abrir as janelas ao acordar é uma forma de se conectar com a natureza já logo cedo: o ar fresco entra, você ouve o vento e os passarinhos, dá uma olhada no céu e pode até ter uma ideia melhor de que roupa escolher para o clima do dia. Se você tiver um tempinho para olhar a natureza lá fora, melhor ainda!

2. Olhe para o céu
Mesmo que você esteja longe de parques ou outros lugares que normalmente imaginamos ao pensar em natureza, você sempre pode olhar para cima e ver o céu (nem que seja pela janela!).

Vivendo em nossos prédios com temperatura e iluminação controladas fica fácil esquecer a beleza do céu. Quem nunca se perguntou se “lá fora” está claro ou escuro? Chovendo ou fazendo sol?

Ao olhar para o céu sempre veremos uma imagem diferente, sejam nuvens branquinhas num fundo azul claro, vários tons de cinza ou um azul-marinho iluminado aqui e ali por estrelas. Dá até pra brincar de adivinhar o formato das nuvens 🙂

3. Sinta o calor do sol
O sol é um elemento tão corriqueiro na paisagem que às vezes até esquecemos que sem ele não existiria natureza! É a energia do sol que alimenta plantas, animais e seres humanos, que torna possível vivermos nossas vidas e, que coincidência, apreciarmos a natureza :p

Em um dia mais frio ou depois de horas no ar-condicionado, experimente ficar alguns minutinhos aproveitando o calor do sol e se conectando com ele.

Ver o pôr do sol é uma das formas de se conectar com a natureza na cidade grande.4. Veja o nascer do sol/pôr do sol
Você pode até não ter tempo de parar e ver o sol nascer ou se por, mas com certeza já se viu preso no trânsito num desses momentos. Ou então ficou trabalhando no fim da tarde e quando percebeu já precisava acender a luz, já era noite e você tinha perdido aquele breve momento em que o céu passa por tantas cores antes de ficar escuro.

Às vezes ficamos tão irritados no trânsito, tão ansiosos para terminar um trabalho ou tão concentrados em aproveitar o tempo com nossos smartphones, que acabamos perdendo uma ótima oportunidade de apreciar a beleza da natureza.

Que tal fazer um intervalo de 5 minutinhos no próximo pôr do sol?

5. Coma uma fruta
As frutas são uma parte da natureza que estão ao nosso alcance o tempo todo, seja em mercados, lanchonetes, ou até em redes de fast-food.

Temos sorte de viver num país com muitos tipos de frutas o ano inteiro, então aproveite para se conectar com a natureza sentindo o sabor docinho da sua fruta favorita.

6. Respire fundo
Mesmo que você passe muito tempo em lugares sem janela, ainda pode entrar em contato com um elemento da natureza indispensável aos seres humanos: o ar! Respire fundo.

Preste atenção no ar entrando e saindo dos seus pulmões, sinta-se conectado a essa parte da natureza. Vale até respirar perto da plantinha do escritório só pra sentir o cheiro das folhas e da terra.

A natureza está ao nosso redar na cidade grande, basta ficarmos atentos a ela. 7. Fique atento
A natureza está ao nosso redor o tempo todo, mesmo nas grandes cidades. Pode ser um vasinho na mesa do seu colega ou um pássaro cismando em cantar quando você vai almoçar.

Na maior parte do tempo estamos tão perdidos nos nossos pensamentos que acabamos deixando passar esses sinais sutis de que a natureza está sempre presente. Antes de se lamentar por não poder ir ao parque hoje, aproveite a natureza que já está ao seu redor!

Buscar a natureza na correria do dia-a-dia pode até se tornar um jogo: quantos pedaços de natureza você conseguiu encontrar na cidade hoje?

Posts Relacionados

Jardim de fadas

  02/08/2016

Estou sempre procurando novas formas de trazer um pouco mais de encanto para o dia-a-dia e quando descobri os jardins de fada não pude deixar de pensar “É isso!” haha

Imagina só, criar um espaço verde em miniatura onde as fadinhas das histórias possam descansar, se divertir e talvez até morar! Impossível olhar pra um espaço desses na sua casa e não dar pelo menos um sorriso, né?

No jardim de fadas você cria um cenário em miniatura com direito a muito verde, casa, banquinho, balanço, e todo tipo de acessório pra deixar o cantinho das fadas mais aconchegante. Existem até plantas em miniatura próprias pra usar nesse tipo de jardim, é muito amor <3

Ele pode ser feito em qualquer tipo de recipiente e ocupar o espaço que você quiser. O que importa mesmo é deixá-lo do jeito que você achar mais mágico. Aquele jeito que só de olhar seu dia já fica mais feliz, sabe? E olha que existem muitas ideias pra aquecer o coração de todos os feéricos por aí!

Jardim de fadas feito em potes de cerâmica quebrados
(Imagens: 1 | 2 | 3)

Os jardins feitos dentro de um vaso grande são os mais práticos pra ter dentro de casa. Com potes quebrados e cacos espetados em várias alturas dá pra criar andares que deixam o cenário bem interessante e apropriado para os habitantes voadores.

A torrezinha do último pote não parece super um daqueles acessórios de aquário? Deve ser o mais fácil de fazer.

Casinhas de fadas feitas em troncos de árvore
(Imagens: 1 | 2 | 3)

Essa ideia de fazer do tronco inteiro uma casinha de fada é muito apaixonante! Com certeza deixa qualquer área externa mais mágica. Já tô até imaginando os piqueniques de fadas que poderia fazer perto de uma dessas hehe.

Por ser uma área sujeita a chuva o ideal é usar acessórios que não estraguem nem desmontem com a força da água.

Jardins de fada steampunk, com abóbora, uma vila de fadas e um jardim iluminado
(Imagens: 1 | 2 | 3 | 4)

Se você tiver mais espaço, pode até fazer uma vila inteira de fadas bem no seu quintal! Adorei o detalhe da praça no meio das casinhas, com uma vila tão linda é claro que as fadas vão querer se reunir do lado de fora pra se diveritir.

Também dá pra fazer uma versão steampunk do jardim de fadas, como esse bule metalizado, ou uma versão clássicos Disney com casa em formato de abóbora e caminho de flores coloridas. E pra deixar todos os jardins mais mágicos: fairy lights!

É verdade que alguns desses jardins são super elaborados, mas outros nem parecem assim tão difíceis de fazer e também ficam lindos. Já estou de olho em todos os cantinhos aqui de casa em que poderia fazer um espaço para as fadas <3 Agora é mãos a obra!

Qual jardim de fadas é mais mágico pra você?

Quer deixar sua vida mais encantada? É só se inscrever na lista de e-mails do Fada Moderna aqui em baixo 🙂

Posts Relacionados

Outono: entre no clima dessa estação aconchegante

  04/06/2016

outono-inicio

Quando foi a última vez que a mudança da estação trouxe também alguma mudança pra sua vida? Digo, algo além de ter que levar um casaco ou um guarda-chuva pra todo canto. Vivendo em um país com estações pouco definidas e mercados abarrotados de todo tipo de alimento o ano inteiro, fica difícil mesmo perceber alguma diferença além de sol de rachar x frio de rachar. Hoje os sinais da mudança de uma estação para outra podem até não ser muitos, mas na antiguidade, quando a vida dos povos era entrelaçada aos ciclos da natureza, cada estação tinha um significado e era celebrada com muita festa. Que tal recuperar esse costume e trazer um pouco do outono pra sua vida?

outono-plano-de-fundo

1. Mude o plano de fundo do seu celular/computador

Pode ser uma coisa super simples, mas às vezes a vida é tão corrida que quando nos damos conta já é julho e precisamos andar encapotados. Colocando um plano de fundo outonal nos seus gadgets você sempre vai lembrar que é outono. E o melhor: a imagem pode representar o outono da sua imaginação, com folhas alaranjadas, abóboras e tudo mais.

2. Tenha uma versão laranja de tudo

Brincadeirinha! Mas trazer as cores típicas do outono pro seu cotidiano é um ótimo jeito de entrar no espírito da estação. Laranja, roxo, marrom, verde-musgo e mostarda são algumas das cores que deixam tudo com uma cara mais outonal. Você pode usá-las na decoração da casa, suas roupas, acessórios, maquiagem e até objetos que você leva por aí no dia-a-dia como caneta, carteira e capinha de celular. Sem esquecer do jeito mais fácil de todos: pintar as unhas!

outono-aconchegante-velas

3. Espalhe o aroma do outono

Sabe quando você sente um aroma e sua mente é instantaneamente transportada pra outro lugar? Esse lugar pode ser o outono! Você pode perfumar seu quarto ou sua casa com aromas da estação como canela, maçã, baunilha, âmbar, ou qualquer outro aroma que para você seja a cara do outono. Também vale trazer esses aromas pro seu dia-a-dia com perfumes e hidratantes.

4. Deixe o ambiente aconchegante

Nesse tempo frio, nada como descansar num lugar aconchegante! Se você ainda não tem um lugar assim na sua casa, é só colocar almofadas e uma manta bem quentinha na poltrona, no sofá ou até mesmo na sua cama. Acender uma vela com o aroma do outono deixa tudo ainda mais aconchegante. Depois é só se perder nesse novo ninho, tomando um chá, lendo ou vendo um filme.

5. Saboreie o outono

Parece que alguns sabores combinam mais com uma estação do que com outra, né? No outono dá vontade de comer coisas mais condimentadas, que aquecem por dentro e dão uma sensação de bem-estar. Aproveite esses meses para trazer pra sua alimentação os sabores que são a cara do outono! Você pode experimentar maçã cozida com canela, biscoito de gengibre ou chai latte (meus favoritos!). Assar alguma coisa com sabor outonal, como bolo de maçã, também é uma boa. Dá um trabalhinho, mas o calor do forno numa noite de outono e o cheiro que fica pela casa vale a pena. Além de comer o bolo, é claro!

outono-pise-nas-folhas-secas

6. Pise numa folha seca

Fala sério, nada como a sensação de pisar numa folha bem seca e ouvir aquele barulho característico. É a música do outono 🙂

7. Agradeça

Para os antigos povos da Europa o outono era a época das últimas colheitas e de armazenar tudo o que foi produzido nos meses quentes para alimentar a população durante os meses mais frios. Eles realizavam uma grande festa pra agradecer as divindades por tudo que foi colhido e caçado, além de agradecerem também tudo mais que haviam conquistado até aquele momento do ano. Nos Estados Unidos o espírito dessa celebração continua existindo no Dia de Ação de Graças, mas por aqui não temos nada parecido. Que tal retomar essa tradição? Você pode tornar o outono uma época de reflexão, agradecer tudo o que conquistou e até mesmo avaliar se tem investido sua energia em coisas que realmente importam. Assim como a natureza termina mais um ciclo, você também pode fechar um ciclo na sua vida e repensar o caminho a seguir 🙂

Com a correria do cotidiano acabamos deixando a vida passar em branco, todo dia sempre igual. Sem relembrar os ritos de passagem que os antigos tão sabiamente perceberam na natureza, vamos vivendo um dia depois do outro e quando nos damos conta já é Natal. O final do ano chega e com ele aquela sensação de mais um ano desperdiçado. Por isso, ao trazer os elementos do outono pro dia a dia, não estamos apenas perdendo tempo, como muitas pessoas podem dizer. Além de divertido, comemorar a passagem das estações é uma forma de celebrar a vida.

Qual é o seu jeito favorito de trazer o outono pro dia-a-dia?

Posts Relacionados