The Fairy Bible (Teresa Moorey)

  31/08/2017

The Fairy Bible o guia definitivo para o mundo das fadas

Como não desejar um livro com o nome “A Bíblia das Fadas”? Impossível! Desde que assisti esse vídeo fiquei apaixonada. E o livro é exatamente o que o nome sugere: um guia para o mundo das fadas, cheio de mitologia, lindas ilustrações e sugestões de como trazer as fadas para a nossa vida.

O livro é super grosso. São 400 páginas grossas, brilhantes e todas ilustradas. Pelo título eu imaginei que falaria apenas dos seres que são mais comumente associados ao reino das fadas, como dríades, pixies, a rainha Áine, e por aí vai. Mas, na verdade, o livro fala sobre seres encantados em geral, incluindo diversos deuses e outras criaturas mitológicas (tem até a esfinge!).

The Fairy Bible o guia definitivo para o mundo das fadas

A ideia do livro é que você possa conhecer um pouquinho sobre o maior número de criaturas possível, em vez de conhecer apenas algumas profundamente. Assim, dá para entrar em contato com vários seres encantados e, se você quiser, depois pode pesquisar mais sobre os seus favoritos.

Além das explicações sobre cada fada, todos os capítulos têm dicas sobre como nos aproximar mais das fadas, tanto na imaginação quanto em casa e na natureza. São muitas ideias para deixar a vida mais mágica <3

The Fairy Bible o guia definitivo para o mundo das fadas

O livro é dividido em doze capítulos. A Introdução conta algumas histórias de encontros entre humanos e fadas, dá dicas de como sentir a presença das fadas e também de como se proteger das fadas com más intenções. O segundo capítulo, O Reino das Fadas, descreve vários aspectos desse mundo mágico, como roupas, músicas e festivais. Também fala sobre as plantas e os animais ligados ao reino das fadas, além dos lugares em que esse reino se encontra com nosso mundo, como os famosos “fairy rings” (aqueles círculos de cogumelos no meio da floresta).

The Fairy Bible o guia definitivo para o mundo das fadas

Os próximos oito capítulos dividem os seres encantados entre água, ar, fogo, terra, nosso lar, flores, árvores e clima. Os capítulos começam com uma breve explicação sobre o tema, por exemplo, “o ar está associado a pensamentos e comunicação” e as características daquelas fadas, por exemplo, “espíritos do fogo estão presentes tanto na chama de uma vela quanto em vulcões e até no nosso próprio metabolismo, um tipo de combustão invisível a olho nú”. Logo depois vem as descrições das fadas relacionadas ao tema do capítulo. Essa parte conta lendas sobre a fada, o que ela simboliza, uma lição que ela pode ensinar aos humanos, dentre várias outras coisas.

The Fairy Bible o guia definitivo para o mundo das fadas

O final de cada capítulo tem ainda mais informações incríveis. São sugestões sobre como se conectar com esse tipo de fada em casa e na natureza, ideias para montar um espacinho na sua casa em homenagem a essas fadas, dois feitiços em que as fadas podem te ajudar e duas meditações para entrar em contato com elas. É muita coisa mesmo!

Os últimos capítulos são um dicionário de fadas dividido pela mitologia em que cada fada está inserida e uma bibliografia selecionada.

The Fairy Bible o guia definitivo para o mundo das fadas

Amei demais esse livro <3 É daqueles pra se ter e consultar sempre, especialmente quando você quiser se lembrar de algum ensinamento ou ser inspirado pelas histórias das fadas. Conhecer todas essas histórias e ideias para estar mais próximo das fadas com certeza deixou minha vida mais mágica. Recomendo muito esse livro para todos os amantes do assunto.

Se você quiser conhecer mais livros sobre fadas, tem 5 indicações nesse outro post.

E você, qual é seu livro favorito sobre fadas? Me conta nos comentários 🙂

Posts Relacionados

6 lições de Moana para seguir seus sonhos

  25/08/2017

Lições da animação Moana sobre seguir seus sonhos

 [Esse post contém spoilers do filme]

Moana é um filme da Disney que veio para quebrar paradigmas e mostrar às mulheres que elas devem sim ir atrás do sonho grande. Sem romances, o filme mostra uma garota que tem o sonho de atravessar o mar, mas é dissuadida por sua família. Apesar de todos os votos contra, Moana segue a voz do seu coração e concretiza seu sonho, beneficiando todos a sua volta. A história mostra a parte nada glamurosa de perseguir nossos sonhos e tem ensinamentos que vão muito além de um filme infantil. Essas são seis coisas que eu aprendi com Moana:

1. Você já conhece o seu sonho grande.
É isso mesmo. Sem mas ou talvez. Você já sabe qual é o seu sonho grande. Desde criança Moana sabia da sua paixão pelo mar e da sua vontade imensa de navegar. Ela cresce e o sonho continua, ela fica na beira da água apenas imaginando o dia em que finalmente conseguirá realizar o sonho grande. Apesar de tentar com todas as forças ser o que os outros esperam dela, no fundo Moana sabe seu verdadeiro caminho.

2. Pessoas bem-intencionadas vão tentar te impedir.
Quando você escolhe um caminho diferente daquele que a maioria escolheu, as pessoas vão tentar te convencer do contrário. O pai de Moana sempre soube do amor da filha pelo mar. Apesar disso, ele diz para Moana que o futuro dela é governar o povo da ilha. Ela não deve navegar, não deve ultrapassar o recife de coral. E por que? Porque é perigoso. O desconhecido sempre assusta. Mas o perigo de uma vida de arrependimento é muito maior!

3. O caminho será difícil e você vai querer desistir.
Desde o primeiro dia no mar Moana percebe que o caminho para realizar seu sonho não será fácil. Ela sai da ilha contra a vontade de seu pai. No mar, percebe que não tem os conhecimentos necessários para navegar. Além de tudo, a única pessoa que poderia ajuda-la, o semi-deus Maui, não está lá muito a fim de cooperar. Mesmo assim Moana enfrentou seus medos, convenceu Maui a lhe ajudar, foi até o reino dos Monstros e atravessou o mar.

moana-4

4. Quando tudo parecer perdido, lembre-se do seu “por que”.
Quando Moana está quase completando sua missão, parece que tudo está perdido. O sonho parece impossível, Maui a abandona e a própria Moana abandona suas esperanças. É nesse momento que a única pessoa que a apoiou, sua avó, lhe lembra que a jornada é difícil e parece injusta, mas são as marcas da jornada que nos mostram quem somos. Com uma pergunta a avó lembra Moana de seu por que, o sonho grande: conduzir seu povo através do mar.

5. Ser você é o bastante.
Moana passa todo o filme procurando saber quem ela é. Depois de enfrentar desafios que os outros temiam e encarar os próprios medos, Moana percebe que o que realmente precisava era aceitar quem ela é, com seu amor pelo mar e pelo povo da ilha. Ela não precisava mudar quem era para ser completa. E você também pode sim alcançar seu sonho grande sendo quem você já é, mesmo que não veja nada de especial nisso.

6. Todos vão se beneficiar da sua coragem.
Quando Moana deixa a ilha os peixes haviam sumido, os cocos estavam estragados e o povo estava em perigo. Contra a vontade de todos, ela parte em busca do sonho grande. Quando retorna, Moana é recebida com alegria pelo povo e todos seguem juntos para uma nova etapa: velejar e descobrir novas ilhas. Apesar das pessoas tentarem te impedir por não compreenderem seu sonho, quando você realizá-lo, todos vão se alegrar e se beneficiar.

E o seu sonho grande, qual é? Que desafios você tem enfrentado para alcançá-lo? Estou curiosa pra saber

Posts Relacionados

5 hábitos de beleza das fadas

  12/01/2017

Dicas de 5 hábitos para você trazer a beleza das fadas para a sua vida.
As fadas das histórias são sempre lindas, inclusive as más (Malévola <3). E você vê que é uma beleza que vem de dentro. Elas não usam maquiagens super modernas nem um monte de acessórios. As fadas são simplesmente lindas de viver.

Como Fadas Modernas, nós também queremos trazer esse atributo das nossas ancenstrais de coração para a vida no século XXI. E aí começamos a pensar: qual é o segredo para essa beleza leve, natutal e até mesmo fascinante, que as fadas tem?

O verdadeiro segredo de beleza das fadas está em cuidar bem de você mesma todos os dias. Quando você se respeita e faz o melhor por si mesma todos os dias, acaba tendo hábitos que aparecem do lado de fora.

Pensando em tudo isso, selecionei 5 hábitos que uma Fada Moderna pode adotar para trazer a beleza das fadas para a sua vida.

  1. Ter uma boa alimentação. Fadas se alimentam das coisas da natureza, sem agrotóxicos e hormônios (e muito menos fast food haha). A boa alimentação se reflete no brilho da pele, dos cabelos e das unhas. E se a sua alimentação, assim como a minha, está bem longe daquela das nossas ancestrais de coração, sem problemas! Você pode começar com pequenas mudanças, talvez estabelecer uma “refeição de fada” na semana, com alimentos mais saudáveis, e ver como você se sente depois dela. Quanto mais alimentos funcionais, mais seu corpo vai se iluminar 🙂
  1. Ter seu sono de beleza. Fada não abrem mão de suas horas de sono. Elas sabem que o sono de beleza é essencial para ter uma aparência sempre fresca. Esse hábito costuma ser bem difícil pras Fadas Modernas (pra mim ainda é uma grande batalha!). Com todas as coisas incríveis que podemos fazer o tempo todo é cada vez mais difícil dormir as horas que nosso corpo precisa. Mas os benefícios, ah, eles compensam tudo! Dormindo bem de verdade sua pele vai ter tempo de se recuperar das intempéries do dia, seus hormônios irão se regular, você ter mais energia e até pensar com mais clareza. A mente descasada é uma ótima ajuda para tomar boas decisões e levar a vida com mais leveza.
  1. Proteger e hidratar o rosto diariamente. Você não quer desperdiçar todos os benefícios que conseguiu com os hábitos anteriores expondo sua beleza aos raios solares nocivos, né? Não se esqueça: não existe maquiagem melhor do que uma pele bonita e uma beleza natural bem cuidada.
  1. Fazer exercício físico. É impossível negar: o exercício físico melhora tudo dentro do corpo, coloca as coisas para funcionar e nos deixa mais alertas. E tem mais: o sedentarismo aumenta a mortalidade em 30%! As fadas com certeza tinham que caminhar muitas distâncias e fazer diversas tarefas físicas. Como no século XXI a maioria das nossas tarefas são no computador, precisamos dar um jeito de nos mexer e ficar viver tanto quanto nossas ancestrais 🙂
  1. Levar a vida com leveza e alegria. Você sabe, não tem nada que enfeie mais uma pessoa (ou fada) do que aparência estressada, aquela cara fechada, ou pior ainda, reclamações sem fim. Levar a vida com alegria certamente é o principal truque das fadas para estarem sempre lindas.

Qual desses segredos milenares das nossas ancestrais de coração você acredita que tem mais impacto na sua beleza?

 

Posts Relacionados