Fadas, Deuses e Antepassados na Bruxaria Feérica

  07/07/2018

fadas-deuses-ancestrais-bruxaria-feerica-5

A Bruxaria Feérica é uma vertente da bruxaria que é baseada nas crenças tradicionais sobre as fadas na cultura celta e um pouco das crenças tradicionais sobre os elfos na cultura nórdica. É a religião moderna das fadas.

Os Deuses não são os únicos seres honrados na Bruxaria Feérica, afinal, o mundo está cheio de espíritos que podem influenciar a nossa vida e que por isso merecem ser honrados. Os três grupos de espíritos honrados pelos adeptos dessa vertente da bruxaria são as fadas, os Deuses e os antepassados.

Esses espíritos são honrados porque eles podem afetar a vida das pessoas de maneira concreta. Assim, a bruxa irá construir um bom relacionamento com eles, e em troca os espíritos poderão trazer boa sorte, saúde e bênçãos para a vida da bruxa.

A principal forma de honrar esses espíritos e manter um bom relacionamento com eles é fazer oferendas regulares a eles. Nas antigas histórias do folclore celta as oferendas mais comuns são leite, manteiga e pão.

Na Bruxaria Feérica as oferendas modernas mais comuns são leite, nata, pão ou outros alimentos assados, mel e porções de uma refeição. Queimar velas ou incenso também pode ser uma oferenda, assim como joias, arte e poesia. O ideal é não usar carne nesse tipo de oferenda porque isso pode atrair o tipo errado de espíritos do Outro Mundo.

Agora vamos ver exatamente quem são esses seres e qual é a melhor forma de honrá-los segundo a Bruxaria Feérica.

Fadas, deuses e antepassados são os espíritos honrados pela bruxaria feérica, a religião moderna das fadas baseada em crenças celtas

Photo by Igor Yemelianov on Unsplash

1. Fadas

Na Bruxaria Feérica, assim como no folclore celta, a palavra “fada” é usada para designar uma grande variedade de seres do Outro Mundo. Isso inclui desde espíritos minúsculos até gigantes monstruosos, desde pequenos duendes até elfos de tamanho humano, além de outras criaturas típicas do folclore irlandês como kelpies, cavalos que habitam as águas e podem tomar a forma humana, merrows, as sereias irlandesas, e selkies, focas que também podem tomar a forma humana. A descrição completa das crenças celtas sobre as fadas estão nesse post aqui.

Como a crença nas fadas é central na Bruxaria Feérica, esses seres costumam ser honrados no altar principal da bruxa. Na tradição irlandesa sexta-feira é o dia em que as fadas têm mais influência sobre as coisas no mundo mortal, por isso esse é um bom dia para fazer oferendas a elas.

Além disso, fadas também são honradas durante o Solstício de Verão, pois os feéricos que estão no nosso mundo nessa época tendem a ser os mais inclinados a simpatizar com os humanos. Para saber como esse solstício é comemorado na Bruxaria Feérica você pode acessar esse post aqui.

Photo by Robert Lukeman on Unsplash

2. Deuses

A Bruxaria Feérica é uma religião politeísta, ou seja, os seus adeptos acreditam em vários Deuses individuais, cada um com sua própria personalidade e presença. Esses Deuses não são facetas de um mesmo Deus principal, mas sim espíritos independentes.

Os Deuses mais cultuados nessa vertente da bruxaria são aqueles associados ao Povo das Fadas. Entre eles estão os Deuses irlandeses Tuatha de Danann, que significa “O Povo da Deusa Danu”. Entre eles estão Morrigan, Deusa da Batalha, Manannan Mac Lir, Deus dos Mares, Brigit, Deusa Poetisa e Dagda, Deus da Fertilidade e Magia.

Para um guia completo dos Deuses da Irlanda recomendo o livro “Gods and Goddesses of Ireland: A Guide to Irish Deities” da autora Morgan Daimler. Lá ela fala tudo sobre a história, a mitologia e o simbolismo de cada Deus e Deusa. Se você quiser que eu faça um post mais aprofundado sobre os Deuses irlandeses deixa um comentário nesse post!

Outros Deuses celtas cultuados na Bruxaria Feérica são a escocesa Nicneven, Deusa das bruxas e uma Rainha da Terra das Fadas, e o galês Gwynn ap Nudd, Deus do Outro Mundo e um Rei das Fadas.

A bruxa pode tanto honrar todos os Deuses em seu altar principal quanto pode ter um altar específico para os Deuses de quem se sente mais próxima. Outra opção é manter um altar específico no qual a bruxa honra Deuses que têm um mesmo propósito, como por exemplo saúde ou cura. Oferendas para os Deuses podem ser feitas a qualquer momento e incluem os tipos de oferenda descritas no início desse post.

Fadas, deuses e antepassados são os espíritos honrados pela bruxaria feérica, a religião moderna das fadas baseada em crenças celtas

Photo by Tikkho Maciel on Unsplash

3. Antepassados

Os espíritos dos nossos antepassados estão sempre olhando por nós. Eles têm um interesse pessoal no nosso sucesso que a maioria dos espíritos não têm. Além disso, nas histórias antigas o mundo dos mortos se mistura ao Outro Mundo, com pessoas falecidas muitas vezes aparecendo entre os feéricos (como já expliquei nesse post aqui). Assim, para a Bruxa Feérica é fundamental construir um bom relacionamento com os antepassados.

Para honrar os antepassados a bruxa pode começar com uma homenagem simples, como colocar as fotos dos seus entes queridos falecidos em algum lugar da casa em que ela passe com frequência. Uma opção mais elaborada seria criar um altar específico para os antepassados com fotos das pessoas que já partiram e objetos relacionados a elas. Se você não está acostumada com a prática de honrar os antepassados pode começar com as fotos de uma ou duas pessoas que eram mais próximas de você e depois ir expandindo conforme se sentir confortável.

Os antepassados não precisam necessariamente estar relacionados à bruxa por laços de sangue. Eles também podem ser pessoas que eram amigas muito próximas ou que amavam você como se fosse família. Fica a critério da bruxa decidir quem conta como família ou não para ela.

Para construir um bom relacionamento com os antepassados você pode acender uma vela branca em honra a eles e fazer oferendas de alimentos e bebidas que a pessoa gostava quando era viva. Se você não tem certeza do que a pessoa gostava pode fazer oferendas mais gerais como chá, café e pão.

Os ancestrais são honrados especialmente nos festivais de Samhaim, um dos quatro festivais principais da Bruxaria Feérica, e Yule, o Solstício de Inverno. Para saber como esses festivais são comemorados na Bruxaria Feérica você pode acessar esse post e esse outro também.

Fadas, deuses e antepassados são os espíritos honrados pela bruxaria feérica, a religião moderna das fadas baseada em crenças celtas

Photo by Nathalie Jolie on Unsplash

Um aviso sobre oferendas

A bruxa deve pensar bem antes de começar a fazer oferendas a esses espíritos. Se ela começar a fazer oferendas regulares e depois parar de fazer, isso vai trazer má sorte.

É uma questão de lógica: se você começa a fazer coisas para se aproximar de alguém, e de repente para de fazer e esquece da pessoa, a pessoa não vai gostar muito, certo? Provavelmente ela vai ficar brava com o seu descaso. O mesmo acontece com os espíritos. Se você começa a fazer coisas para se aproximar deles e de repente para, eles não vão gostar e isso pode se refletir na sua vida como má sorte.

Existem muitos espíritos que podem ser honrados para atrair bênçãos e saúde para a nossa vida. Na Bruxaria Feérica os principais deles são as fadas, os Deuses e os antepassados. Agora que você já sabe a importância de cada um deles e como honrá-los de forma apropriada, já pode fazer a escolha de construir um bom relacionamento com esses espíritos incríveis e trazer ainda mais prosperidade para a sua vida 😊

Referência: Fairycraft – Following the Path of Fairy Witchcraft, Morgan Daimler, 2016.

Fadas, deuses e antepassados são os espíritos honrados pela bruxaria feérica, a religião moderna das fadas baseada em crenças celtas

Você também pode gostar desses posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *