Como os celtas comemoravam a Páscoa?

  27/03/2018

Como os celtas comemoravam a Páscoa Ostara Eostre pagão paganismo

Em muitas culturas neopagãs, como a Wicca, a época da Páscoa é comemorada com Ostara, um festival que celebra o renascimento. No hemisfério norte, onde esses festivais surgiram, a data está associada ao equinócio de primavera, o primeiro dia dessa estação. Então logo imaginamos que Ostara era uma comemoração celta em homenagem a esse equinócio, certo? Nem tanto.

Existe pouca evidência histórica nas tradições celtas relacionada ao equinócio de primavera. O que existe são registros de diversos outros povos que faziam celebrações relacionadas a fertilidade e ao renascimento na época próxima ao equinócio. Entre eles estavam os romanos, os maias e os nórdicos, sendo que desses últimos provavelmente se originou a comemoração de Ostara e da Páscoa.

Como os celtas comemoravam a Páscoa Ostara Eostre pagão paganismo

Photo by Gary Bendig on Unsplash

1. Ostara, uma deusa germânica

Na primeira lua cheia após o equinócio de primavera os povos nórdicos celebravam um festival em homenagem a Ostara (ou Eostre), deusa da fertilidade e do renascimento. Os símbolos dessa deusa eram a lebre ou o coelho e os ovos, ambos representando a fertilidade e o início de uma nova vida.

Com essas informações já conseguimos ver as enormes semelhanças entre o antigo festival de Ostara e a comemoração da Páscoa. Além dos símbolos serem os mesmos, a forma como a data da Páscoa é calculada também é bem parecida. A única diferença é que a Páscoa acontece no primeiro domingo depois da primeira lua cheia que segue o equinócio de primavera. Já na comemoração de Ostara não era considerado o dia específico da semana.

Na comemoração moderna de Ostara, a celebração passou a ser feita no próprio dia do equinócio de primavera. Os símbolos se mantêm os mesmos da antiga festa nórdica e o significado também: depois da morte vem o renascimento.

Como os celtas comemoravam a Páscoa Ostara Eostre pagão paganismo

Photo by Tanja Heffner on Unsplash

2. Então o que os celtas faziam nessa época?

Apesar da falta de evidências históricas quanto a uma comemoração celta do equinócio de primavera, alguns estudiosos suspeitam que pode ter havido algum tipo de comemoração, mesmo que fosse mais informal. Essa suposição se baseia na data do Dia de Saint Patrick, que é o santo padroeiro da Irlanda.

O Dia de Saint Patrick é comemorado em 17 de março. Já o equinócio de primavera acontece entre 20 e 23 de março no hemisfério norte. A criação de comemorações cristãs próximas aos grandes festivais pagãos foi bastante comum durante a cristianização da Europa. Esse costume buscava facilitar a aceitação do cristianismo pelos povos pagãos, pois assim eram mantidas as datas comemorativas que aqueles povos já estavam acostumados a celebrar. Aconteceu com Ostara, pode ter acontecido com alguma celebração celta da primavera também!

Talvez o significado geral dessa data para os celtas fosse o mesmo que encontramos em tantas outras culturas antigas. O retorno da luz, do calor e a certeza de que após a morte vem o renascimento. Já a forma celta de comemorar tudo isso fica por conta da nossa imaginação.

Você também pode gostar desses posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *